-->




-->



-->
Delegado detalha como adolescente esquartejou jovem: 'Matei pra ver como é'


Um jovem de 17 anos confessou o crime de ter esquartejado outra adolescente de apenas 16 anos de idade na cidade de Araraquara, interior do estado de São Paulo. Durante depoimento o jovem relatou à polícia que “desejava matar para ver como é”.

O adolescente disse que esse foi o principal motivo por ele ter matado a jovem e que ela foi escolhida por acaso. Além dele, sua namorada está presa por participar do crime e ter ajudado ele no transporte das partes do corpo. Eles foram apreendidos nesta última segunda-feira (10).

PUBLICIDADE 

De acordo com Fernando Bravo, da DIG, os adolescentes não se mostram arrependidos em nenhum momento. “Ele contou que a parte do corpo guardada na casa dele era um troféu. Pouco antes de deixar a delegacia, disse que não estava arrependido”, disse o delegado, que completa dizendo que a jovem até se mostrou arrependida quando estava na frente de sua mãe, mas em outros momentos estava rindo do acontecimento.

Yasmin da Silva Nery estava desaparecida desde o último domingo (9) e teve partes de seu corpo encontradas após ser confirmada a sua morte. Ainda há busca por outras partes que foram jogadas na rede de esgoto da cidade. As buscas devem ter auxílio da equipe do Corpo de Bombeiros e também do Departamento Autônomo de Água e Esgoto do município.

Os familiares da jovem disseram que o último contato que a menina teve foi com um adolescente, que foi encontrado e se apresentou na delegacia de polícia junto de seu pai.

O caso

O jovem disse que ele conheceu a menina em uma festa no sábado (8) e que ela se mostrou interessada nele, sendo assim ele aproveitou essa oportunidade. Antes de matar ele pediu para ela fechar os olhos e imaginar onde estaria com ele, como ela estava apaixonada, acabou cedendo ao seu pedido. Antes de ser estrangulada ela conseguiu tirar a faca dele e atingi-lo no punho, joelho e panturrilha.



Fonte 1news


Outros Destaques
-->

-->
Mais Notícias
-->


-->