-->

-->

-->


-->



-->
Fatal: Condutor fica preso às ferragens e morre em acidente na BR-364


Um motorista morreu em uma colisão entre uma Duster e uma carreta no km 460 da BR-364, em Várzea Grande, na manhã deste domingo (12). A identidade da vítima não foi informada.

 

De acordo com a Rota do Oeste, concessionária que administra o trecho da rodovia, o condutor do utilitário, com placas de Várzea Grande, ficou preso às ferragens após bater contra o último vagão do veículo de carga (placas de Campo Grande-MS), que havia tombado na pista.

 

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e constatou a morte do motorista. Uma pessoa que também estava na Duster foi socorrida e encaminhada ao Pronto Socorro de Várzea Grande, em estado moderado.

 

Uma S10, com placas de Sapezal, que passava pelo local no momento do acidente, saiu de pista para desviar dos veículos. No carro estavam quatro pessoas, mas ninguém ficou ferido.

 

Houve derramamento de carga de soja e a pista está bloqueada em ambos os sentidos.

www.midianews.com.br

Em Rondônia 

Dono de restaurante é assassinado a tiros por caminhoneiro na BR-364


O dono de um restaurante às margens da BR 364, a cerca de 25 km de Vilhena, identificado como Edemilson Gomes dos Santos, de 42 anos, foi assassinado a tiros na noite de ontem (sábado, 11). O autor dos disparos fatais é um caminhoneiro, cujo nome ainda não foi divulgado.

De acordo com os relatos feitos à polícia, Edemilson teria pedido para que o motorista mudasse seu caminhão de lugar, o que teria dado início ao bate-boca entre os dois.

Vendo que o caminhoneiro estava armado, o comerciante também pegou uma arma de fogo, mas ela foi tomada pelo motorista.

A discussão continuou e, segundo as testemunhas, o dono do restaurante pegou um canivete e chegou a desferir um golpe na barriga de um homem que tentava apartar a briga.

O caminhoneiro deu dois tiros, atingindo Edemilson no ombro e no rosto. O comerciante morreu antes de receber socorro.

Após o crime, o autor dos disparos colocou o homem esfaqueado em seu caminhão e o trouxe até Vilhena, onde ele foi deixado aos cuidados de outra pessoa, para ser levado até o Hospital Regional.

O acusado fugiu em seguida e até o momento não foi localizado nem identificado.

Folha do Sul On Line 

 

 



Fonte folha do sul on line / midia news


Outros Destaques
-->

-->
Mais Notícias
-->


-->