Home  |   Notícias  |   Eventos  |   Lista Telefônica  |   Pimenta Virtual  |   Rádio  |   Contato
Mulher filma filha de 12 anos sendo abusada por idoso

 Publicada em: 2018-02-14 15:31:13     




Uma mulher denunciou o companheiro, de 61 anos, por abusar da enteada dela, de 12, nesta terça-feira (13), em Aparecida de Goiânia, da Região Metropolitana da capital. A vítima registrou a denúncia no 4º Distrito Policial e contou que gravou o crime ao deixar celular escondido em um quarta da casa onde mora. O autor dos abusos não foi preso.

A delegada que atendeu a mãe da vítima, Ilda Helbingen, contou à TV Anhanguera que a mulher ficou devastada ao descobrir a situação. A mãe da adolescente relatou que tem quatro filhos de um relacionamento anterior, mas nenhum com o ex-companheiro, suspeito dos abusos.

“Ela desconfiou porque ele começou a agradá-la muito, a dar muitos presentes, mas não fazia isso com os outros filhos [da mulher]. Ela convive em regime de união estável desse senhor, que já tem 61 anos. Inclusive, ela fez esse parêntese, que ele é uma pessoa já de idade, você imagina que a sua filha está tranquila. Segundo ela, ela ficou muito contrariada, muito chocada com aquilo porque ela realmente não esperava isso”, disse em entrevista à TV Anhanguera.

Conforme depoimento, a mãe da vítima deixou um celular escondido em um dos quartos da casa, filmando, na segunda-feira (12). Enquanto isso, foi à casa da vizinha, voltou para casa algum tempo depois e pegou o celular. Após reaver o aparelho, ela retornou para a casa da vizinha, tomou coragem e olhou as gravações.

Ainda no relato da mãe, ela viu o homem tocando as partes íntimas da filha e foi confrontá-lo com a gravação. Na ocasião, segundo ela, o homem “argumentou que sabia que estava errado e que havia sido apenas ‘um vacilo’ e que aquilo não iria acontecer novamente”. Em seguida, ela disse a ele que se mudasse da casa onde os dois moravam e ele foi embora.

Mãe da vítima disse ainda, também em depoimento, que questionou a filha sobre os abusos e a menina admitiu “que já havia muito tempo que o padrasto abusava-lhe”, no entanto, ela não soube dizer há quanto tempo.



Fonte original: g1.com



Os comentários aqui escritos não expressam a opinião deste site. Sendo assim, o conteúdo é de total responsabilidade do autor do comentário.


© Copyright 2014 ConexaoRondonia.Com Todos os direitos reservados.