Home  |   Notícias  |   Eventos  |   Lista Telefônica  |   Pimenta Virtual  |   Rádio  |   Contato
Tragédia: Criança morre atingida por raio

 Publicada em: 2017-10-10 20:44:39     




Uma criança morreu na tarde desta terça-feira (10) após receber uma descarga elétrica, vítima de 12 anos, estava brincando próximo a uma represa quando foi atingida pelo raio e chegou sem vida no Pronto-Socorro Municipal de Várzea Grande.

Não estava chovendo quando ocorreu a tragédia. Familiares tentaram reanimá-la, e ainda a levaram para a unidade de saúde, mas ela não resistiu ao choque.

A criança foi identificada como Anderson Tiery Lima Moraes, ele estava sozinho quando brincava próximo da água, informações é que ele teve queimaduras por quase todo corpo.  O corpo do menino será levado ao IML. 

O caso aconteceu por volta das 17h. A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) já foi acionada e irá conduzir a investigação do caso através do delegado Marcelo Jardim.

Nesta semana também foi registrada uma morte por causa do tempo, chuva forte com muito vento, causaram grandes estragos na tarde de  ontem, segunda-feira (9), em pontos isolados de Cuiabá e Várzea Grande (Grande Cuiabá). O vendaval matou um trabalhador e deixou outros feridos no Jardim Vitória, na periferia da Capital.

Raios

Nos últimos seis anos, o Brasil teve, em média, 77,8 milhões de raios por ano. O número é bem superior aos 55 milhões calculados em 2002, de acordo com o Grupo de Eletricidade Atmosférica do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Elat/Inpe). O País é líder mundial na incidência deste fenômeno.

O levantamento do Elat revela que o estado com maior densidade de raios é Tocantins, com 17,1 raios por quilômetro quadrado. Em seguida vem Amazonas (15,8), Acre (15,8), Maranhão (13,3), Pará (12,4), Rondônia (11,4), Mato Grosso(11,1), Roraima (7,9), Piauí (7,7) e São Paulo (5,2).

 



Fonte original: www.24horasnews.com.br



Os comentários aqui escritos não expressam a opinião deste site. Sendo assim, o conteúdo é de total responsabilidade do autor do comentário.


© Copyright 2014 ConexaoRondonia.Com Todos os direitos reservados.