Canhoto ou destro? Um destes tem menor risco de Parkinson

Você escreve mais com a mão direita ou com a esquerda? Se sua resposta foi “mão esquerda”, você tem uma grande vantagem. Um estudo feito com mais de 400 mil voluntários descobriu que canhotos (indivíduos que utilizam mais os membros esquerdos) têm menor possibilidade de desenvolver Parkinson.

Desenvolvida por cientistas da Universidade de Oxford, na Inglaterra, a pesquisa verificou que os 38 mil participantes canhotos têm uma comunicação cerebral mais coordenada.

Isso significa que eles têm vantagens em executar tarefas verbais e menos riscos de terem doenças crônicas associadas à demência, como o Parkinson.

Canhotos têm melhor comunicação

Pesquisadores perceberam que canhotos têm características diferenciadas quanto aos genes associados ao desenvolvimento cerebral.

Esses genes são responsáveis pela organização da linguagem no cérebro, o que influencia, por sua vez, no uso especialmente das mãos e na predisposição ao desenvolvimento de doenças, como Parkinson, Alzheimer e até mesmo esquizofrenia.

Para chegar à essa observação, os cientistas avaliaram imagens do cérebro e sequências de genoma dos voluntários. A descoberta revela que canhotos têm ligações mais fortes do cérebro (tanto hemisfério esquerdo quanto direito) com a linguagem.

Ainda, canhotos têm uma correlação muito positiva em relação à saúde mental, lidando melhor com a sensitividade, esgotamento e preocupação.

Genética dos canhotos

Uma habilidade maior com o lado esquerdo do corpo tende a surgir por uma herança genética ou por variações do ambiente durante o desenvolvimento da criança. Contudo, os estudiosos afirmam que são necessárias análises mais aprofundadas para certificar essas ideias.

Atualmente, estima-se que 90% da população mundial seja destra; e somente 10% canhota.

Fonte minhavida.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *